Mudanças nos Centros de Treinamento, na formação de Bombeiros e Brigadas de Emergência

ABNT-CB24
Ferramentas
Tipografia
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Atualização nas Normas da ABNT, relacionadas a Bombeiros e brigadas de emergências, propõem evolução nos centros de treinamento e formação destes.

    O Conselho Nacional de Bombeiros Civis – CNBC Brasil está participando ativamente dos trabalhos de revisão das NBRS dentro da ABNT relacionadas à nossa profissão, estamos muito otimistas quanto ao impacto positivo que estas revisões promoverão em todo o setor de prevenção e respostas a emergências.
    Com a contribuição do CNBC Brasil em todas as áreas e seguimentos relevantes promovemos o desenvolvimento, reconhecimento e valorização do mercado e dos profissionais de prevenção e resposta às emergências.

    Aconteceu na terça-feira (7/2/2017) em São Paulo - SP a primeira reunião do ano da Comissão de Planos e Equipes de Emergências do Comitê Brasileiro de Segurança Contra Incêndio CB-24, da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT.

    Iniciando os assuntos fomos informados do primeiro trabalho “extra-comissão” do grupo, ou seja, o coordenador da Comissão apresentou sugestões para a Consulta Pública do Decreto Estadual que substituirá o atual Decreto de Segurança contra Incêndio do Estado de São Paulo, levando os pontos de vista da Comissão buscando uma harmonização entre os requisitos técnicos das Normas e as legislações pertinentes. Com esta iniciativa trabalha-se para que as Leis e Normas estejam mais harmonizadas.

    Voltando aos trabalhos agendados, foi aprovada a Ata da última reunião onde se concluíram os trabalhos de revisão da NBR 14608 - Bombeiro Civil Requisitos e iniciou-se a revisão da NBR 14277 - Instalações de Treinamento de Combate à Incêndio e Resgate Técnico. Onde as maiores mudanças são o enfoque mais amplo da Norma e a inclusão de “procedimentos”, assim não se normatiza só os equipamentos tratados por ela, mas também o mínimo que se deve fazer com os equipamentos e as técnicas que serão complementares aos requisitos das NBRs 14608 e 14276, além dos já tradicionais simuladores de combate a incêndio serão previstos o conceito de Estações de Treinamento (Circuitos compostos de estruturas maiores, Conjuntos de simuladores e os Mokups (simuladores específicos de veículos, aeronaves, embarcações e outros em tamanho real).

    Também serão considerados requisitos e procedimentos para o treinamento de brigadas de emergência e de Bombeiros, em níveis básico, intermediário e avançado, além de requisitos de segurança e desempenho para equipamentos, instrutores e treinandos.

    Os trabalhos da Comissão estão sendo direcionados para um salto nos conceitos e cultura referente aos temas de prevenção e resposta às emergências, promovendo a qualidade através da inserção de parâmetros e requisitos de desempenho.

    A previsão é que o conjunto de Normas (14608, 14276 e 15119) cuja revisão já está, em primeira parte, concluída vá para Consulta Pública ainda este semestre ficando disponíveis por 60 dias para acesso e recebimento de sugestões e criticas de toda pessoa interessada, a próxima será a  NBR 14023 - Registros de Atividades de Bombeiros que passará a ser denominada como Registros de Atendimento de Emergência.

    Assim que os textos forem liberados para consulta pública publicaremos maiores informações, participaram destas reuniões representantes de diversas entidades e empresas do setor como: FIESP, SINTESP, ASSOCIQUIM, CBMESP, Fire Rescue Group Brasil, Lyra e Barbosa Assessoria Empresarial, Previnsa, CFAB, Bandeirante Quimica, Busf, FTB, Smart Bombeiros, ZeroBase, GDR Consultoria, Intertok e profissionais especialistas participando individualmente.

    Acompanhe as próximas notícias e participe com sua opinião, conheça mais sobre o CNBC Brasil e faça parte desta História.